“Curva da Mudança de Kübler-Ross™” (em língua portuguesa do Brasil)

Em 1969, em sua obra Sobre a morte e o morrer, a Dra. Elisabeth Kübler-Ross escreveu sobre os “5 Estágios da Morte™”, também conhecidos como os “5 estágios do processo do morrer™”, “5 estágios da perda™”, ou apenas “Os 5 Estágios”. Ela identificou esses estágios como mecanismos de defesa ou mecanismos de enfrentamento para mudança, perda e /ou choque. Os estágios não foram descritos como lineares, nem como algo que ocorreria passo a passo. Ela pretendia transformar as atitudes fóbicas e evitativas da sociedade em relação à morte e ao morrer, e por isso descreveu uma série de reações emocionais que provocavam o afastamento das pessoas que cercavam a pessoa com doença grave. Ao dar nome a essas reações, facilitou que centenas de milhares de pessoas não abandonassem os pacientes próximos da morte, mas se aproximassem deles para melhor ajudá-los em seus últimos momentos. Desde a publicação de “On Death & Dying” (1969), os estágios foram adaptados para a “Curva da Mudança de Kübler-Ross™”, conforme vemos aqui.

curva da mudança - ekr
Imagem: Elisabeth Kübler-Ross Change Curve, Copyrighted & Trademarked by: Elisabeth Kübler-Ross Family Limited Partnership.

Para solicitar autorização para o uso com finalidades comerciais, é absolutamente necessário autorização expressa, por escrito, da Elisabeth Kübler-Ross Foundation. Site: https://www.ekrfoundation.org/