Pular para o conteúdo
EKR Brasil

Cursos

Terapia da Dignidade: palavras finais para dias finais - Versão 2021

Fundação Elisabeth Kübler-Ross Brasil
Terapia da Dignidade: palavras finais para dias finais – Versão 2021
Carga horária: 60 horas
Três módulos | Maio a julho de 2021
Formato 100% On-line | Não é possível fazer de forma assíncrona

Proposta pedagógica

A Terapia da Dignidade é uma abordagem psicossocial breve, desenvolvida pelo Dr. Harvey Max Chochinov e colaboradores, que visa oferecer alívio dos sintomas de sofrimento psicossocial e possibilitar a construção de um legado em pacientes gravemente enfermos, no âmbito dos Cuidados Paliativos. Pela primeira vez no Brasil, visamos oferecer este curso em formato estendido, depois de receber diversos feedbacks de alunos que, nas edições anteriores, solicitavam um módulo introdutório e também ansiavam por mais tempo de prática.

De 14 de maio a 04 de julho de 2020 | 3 módulos | 60 horas | Amplo treinamento prático

• Público-Alvo: Profissionais de Saúde, de Educação e Humanas com conhecimentos prévios em Cuidados Paliativos
• Pré-Requisitos: Possuir conhecimentos prévios em Controle de Sintomas, Prognosticação, Comunicação em Cuidados Paliativos, Elaboração de Plano de Cuidados, Cuidados ao Fim da Vida.
• Este é um curso avançado no âmbito dos Cuidados Paliativos, carecendo de conhecimentos prévios para que possa ser bem aproveitado pelos interessados.
• O curso é dividido em três módulos, sendo indispensável a realização dos três, feitos sequencialmente. Não será possível realizar o curso de maneira assíncrona. Língua oficial: Português. Haverá tradução simultânea para o espanhol, pois o curso é oferecido também para os capítulos do Peru, Argentina, Uruguai e Guatemala da Fundação Elisabeth Kübler-Ross Global.

Perfil do egresso:
– Profissional da área de saúde, educação ou humanas, ou administradores/gestores de organizações públicas ou privadas dedicadas aos Cuidados Paliativos, com conhecimentos prévios em Controle dos Sintomas, Prognosticação, Gestão e Plano de Cuidados, Espiritualidade e Luto, conhecimentos de Psicopatologia ao Fim da Vida e Habilidades Clínicas de Comunicação Compassiva. Este curso não é indicado para iniciantes.

Depois deste curso, o aluno estará apto a:
– Identificar pessoas elegíveis a Terapia da Dignidade, por meio de uma cuidadosa avaliação individualizada de caso a caso,
– Trabalhar em equipe multidisciplinar para oferecer os recursos da Terapia da Dignidade a pacientes que já estejam em Cuidados Paliativos, desde o momento do diagnóstico,
– Identificar quais pacientes à priori não se beneficiarão da Terapia da Dignidade, seja por razões dinâmicas individuais, interpessoais, ou mesmo em virtude da gravidade dos sintomas físicos,
– Aplicar a Terapia da Dignidade com competência técnica e humana,
– Compreender como cuidar de pacientes em cuidados paliativos utilizando-se de um modelo de dignidade padrão ouro, testado empiricamente, referenciado em todo o mundo como um modelo de boas práticas

Atenção:
– Número de alunos mínimos para a formação da turma: 37. Caso o número de alunos não seja atingido, os inscritos serão informados e o reembolso de 100% será feito automaticamente.
– Política de cancelamento: Será feito o reembolso para pedidos de cancelamento exclusivamente para pedidos feitos até 7 dias corridos depois de realizada a compra, independente da causa apresentada pelo aluno. Depois desse prazo, será autorizada apenas a mudança de CPF para outro interessado a pedido do aluno inscrito, em virtude da natureza autofinanciável do curso, sendo permitida apenas a troca de titularidade. Todos os inscritos concordam de maneira irrenunciável e irrevogável com esta política de cancelamento, submetendo-se inteiramente a ela.

Investimento:
Primeiro lote: R$ 870,00.
Segundo lote: R$ 970,00.
Terceiro lote: R$ 1070,00.

Inscrições:

Módulo I: Habilidades em Comunicação e de Técnicas de Entrevista com Pacientes em Cuidados Paliativos
14 de maio – 18h às 21h
15 de maio – 10h às 18h
16 de maio – 10h às 18h

O objetivo deste módulo é capacitar o aluno para o desenvolvimento de habilidades de comunicação no contexto da entrevista em cuidados paliativos com foco nos pressupostos da terapia da dignidade. Propõe-se instrumentalizar para o adequado enfrentamento das repercussões emocionais tanto do paciente quanto dos profissionais.

Conteúdos:
– ABCD da Dignidade
– Class: Protocolo prático para uma comunicação efetiva
– Spikes: Más Notícias
– O desenvolvimento da Empatia
– A Compaixão como princípio de cuidado.
– Bioética Complexa.
– Gerenciando o sofrimento emocional e manejo da contratransferência.
– Técnicas de Entrevista.
– A Entrevista Fenomenológica.
– A Dignidade Límbica.

Bibliografia Sugerida:

Allen, D., Spencer, G., McEwan, K., Catarino, F., Evans, R., Crooks, S., & Gilbert, P. (2020). The Schwartz Centre Rounds: Supporting mental health workers with the emotional impact of their work. International Journal of Mental Health Nursing.

Brito-Pons, G., & Librada-Flores, S. (2018). Compassion in palliative care: a review. Current Opinion in Supportive and Palliative Care, 12(4), 472-479.

Buckman, R. (2001). Communication skills in palliative care: a practical guide. Neurologic clinics, 19(4), 989-1004.

Chochinov, H. M. (2008). Dignity. Dignity? Dignity!. Journal of palliative medicine, 11(5), 674-675.

Gilbert, P., & Mascaro, J. (2017). Compassion: Fears, blocks, and resistances: An evolutionary investigation. The Oxford handbook of compassion science, 399-420.

Goldim, J. R. (2009). Bioética complexa: uma abordagem abrangente para o processo de tomada de decisão. Rev. AMRIGS, 58-63.

Halli-Tierney, A., Albright, A., Dragan, D., Lippe, M., & Allen, R. S. (2018). Ethical issues in palliative and end-of-life care. Perspectives on palliative and end-of-life care: Disease, social, and cultural context, 91-118.

Kataoka, H., Iwase, T., Ogawa, H., Mahmood, S., Sato, M., DeSantis, J., … & Gonnella, J. S. (2019). Can communication skills training improve empathy? A six-year longitudinal study of medical students in Japan. Medical teacher, 41(2), 195-200.

Orellana-Rios, C. L., Radbruch, L., Kern, M., Regel, Y. U., Anton, A., Sinclair, S., & Schmidt, S. (2018). Mindfulness and compassion-oriented practices at work reduce distress and enhance self-care of palliative care teams: a mixed-method evaluation of an “on the job “program. BMC palliative care, 17(1), 3.

Pohontsch, N. J., Stark, A., Ehrhardt, M., Kötter, T., & Scherer, M. (2018). Influences on students’ empathy in medical education: an exploratory interview study with medical students in their third and last year. BMC Medical Education, 18(1), 1-9.

Slater, P. J., Edwards, R. M., & Badat, A. A. (2018). Evaluation of a staff well-being program in a pediatric oncology, hematology, and palliative care services group. Journal of healthcare leadership, 10, 67.

Wittenberg-Lyles, E. M., Goldsmith, J., Sanchez-Reilly, S., & Ragan, S. L. (2008). Communicating a terminal prognosis in a palliative care setting: deficiencies in current communication training protocols. Social science & medicine, 66(11), 2356-2365.

Castro, F. G. Introdução à Psicanálise Existencial: Existencialismo, Fenomenologia e Projeto de Ser(2017). São Paulo: Juruá Editora.

Módulo II: Terapia da Dignidade – Aspectos Teóricos
11 de junho – 18h às 21h
12 de junho – 10h às 18h
13 de junho – 10h às 18h

O objetivo deste módulo é capacitar o aluno para compreender os aspectos teóricos da Terapia da Dignidade, seus fundamentos clínicos, sua proposta interventiva, as recomendações, indicações, contraindicações e o corpo teórico que fundamenta a intervenção.

Conteúdos:

– Por que estudar a dignidade?
– Bases filosóficas Dignidade e pesquisa empírica
– O modelo de Dignidade em pacientes gravemente enfermos
– Questões relativas à doença
– Repertório de conservação de dignidade
– Inventário de Dignidade Social
– Terapia da Dignidade em Cuidados Paliativos: diferentes settings
– Síndrome da Desmoralização
– Implicações clínicas | Diagnóstico diferencial de depressão e síndrome da desmoralização
– Movendo a Dignidade ao Cuidado – Evidências padrão ouro – Famílias e Pacientes
– Abordagem Inicial – Critérios de inclusão e exclusão de Pacientes – Questões éticas e acordos prévios
– Protocolo de Terapia da Dignidade
– Fazendo a Terapia da Dignidade
– Organizando a sessão de Terapia da Dignidade – O setting – Usando o gravador – Família, amigos ou outros participantes – O papel do terapeuta da dignidade
– Transcrevendo os áudios da Terapia da Dignidade
– Clarificando a transcrição
– Deixando organizada a transcrição
– O paciente tem a palavra final
– Recomendações para a Parte prática
Realizando a Terapia da Dignidade utilizando o protocolo
– Familiarizando-se com as perguntas disparadoras
– Lidando com histórias e conteúdos difíceis
– Atenção ao processo clínico
– Gravando e Transcrevendo
– Editando com o paciente
– Chegando ao Documento de Generatividade

Bibliografia Sugerida:

Chochinov, H. M. (2008). Dignity Therapy: Final Words for Final Days. New York: Oxford UniversityPress, 2011.

Módulo III: Terapia da Dignidade – Aspectos Práticos
02 de julho – 18h às 21h
03 de julho – 10h às 18h
04 de julho – 10h às 18h

O objetivo deste módulo é capacitar o aluno para a prática da Terapia da Dignidade, compreendendo os desafios clínicos, assistenciais, as indicações e contraindicações, a direção a ser dada na aplicação da terapia breve, o trabalho com adolescentes e crianças, as principais dificuldades, a aplicação da terapia da dignidade e a elaboração do documento de legado.

Conteúdos:
– Contato com a própria finitude
– Familiarização com o Questionário da Terapia da Dignidade
– Tipos de Paciente
– Critérios de Elegibilidade
– Dificuldades da Prática
– Desafios específicos da TD com crianças e adolescentes
– Desenvolvimento de habilidades para escuta assertiva
– Habilidades para o desenvolvimento da Psicoterapia Breve
– Aspectos metodológicos e execução da Terapia da Dignidade
– Aplicação da Terapia da Dignidade
– Devolutiva da Terapia da Dignidade
– Transcrição e construção do Documento de Legado
– Finalização

Bibliografia Sugerida:

Adichie, C. N. (2019). O perigo da história única. Tradução: Júlia Romeo. São Paulo: Companhia das Letras.

Braier, E.A. (1991). Psicoterapia breve de orientação psicanalítica. São Paulo: Martins Fontes.

Freud, S. (1912/1996). Dinâmica da transferência. Edição Standart Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud (vol. XII). Rio de Janeiro: Imago Editora.

Hahn, Nhat Thich, (2017). A arte de se comunicar. Petrópolis: Editora: Vozes, 1ª edição

Jinpa, Thupten G. (2016). Um coração sem medo. Rio de Janeiro: Editora Sextante, 1ª edição

Corpo Docente

Cristiano Oliveira
Psicólogo, especialista em Psico-Oncologia e Psicoterapia Cognitivo Comportamental e em Psicologia Clínica e Hospitalar pelo Conselho Federal de Psicologia. Mestre em psicologia na área de concentração em psicologia clínica pela PUCRS. Doutorando em Psicologia do Desenvolvimento pela UFRGS. Psicoterapeuta em clínica privada. Atualmente desenvolve pesquisas nas áreas de Psico-oncologia e Psicoterapia Cognitivo e Comportamental. Membro do Grupo de Pesquisa em Psicologia da Saúde (GPPS) da UFRGS coordenado pelo Prof. Dr. Eduardo Remor. Docente do curso de Psicologia da Faculdade Imed Porto Alegre. Possui formação complementar em Gerenciamento de Estresse e Intervenção em Coping para pacientes oncológicos no modelo biocomportamental (Protocolo C2H) pela Ohio StateUniversity.

Rodrigo Luz
Especialista em morte, morrer, luto e cuidados paliativos nacionalmente reconhecido, Rodrigo é um educador e um agente de transformação social. Ele é um Tanatologista certificado pela Miss Foundation, no Arizona, e pelo Center for Loss and Trauma, certificado como Grief Counselor, atuando com terapia com enlutados e acompanhamento no luto. Fellow no programa de Cuidados Paliativos do Institute of Palliative Medicine, na Índia, um centro colaborador da Organização Mundial da Saúde, em parceria com o St. Christopher’s Hospice, em Londres. É autor de livros, capítulos e artigos sobre a temática dos cuidados paliativos e da assistência ao luto, tendo como seu livro autoral o título “Experiências Contemporâneas sobre a Morte e o Morrer: o legado de Elisabeth Kübler-Ross para os nossos dias”, pela Summus Editorial. É também professor de diversos programas de ensino em cuidados paliativos em diversas instituições, tais como a Fundação Oswaldo Cruz, a Universidade de Pernambuco e a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atua com centenas de pessoas em workshops e palestras, inspirando diversas pessoas a se dedicarem ao trabalho de cuidar de pessoas diante da morte e suas famílias. Ele é o Diretor de Educação da Elisabeth Kübler-Ross Foundation Global/USA, e também o CEO da Fundação Elisabeth Kübler-Ross Brasil.

Ana Carolina Kotinda Bennemann
Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (2008), Residência em Clinica Médica pelo Hosp Carmino Caricchio(2014), Pós graduada em Cuidados Paliativos pelo Hosp. Albert Einstein (2018), Pós graduada em Dor pelo Hosp. Sírio Libanês (2019), Atualmente na Equipe Interdisciplinar de Cuidados Paliativos Oncológicos no Hospital do Câncer de Londrina; na Equipe de Cuidados Paliativos do Hospital Evangélico de Londrina; na Equipe de Cuidados Continuados da Oncoclínicas/Proonco em Londrina e consultório em Medicina da Dor.

Tatiana Brum Mendes
Graduada em Psicologia pela Unifil, Pós-Graduada em Psicanálise Clinica pela Univale (2007), Pós-Graduada em Psicologia da Saúde pela Unifil (2011), Aprimoramento em Cuidados Paliativos pela Casa do Cuidar (2014), Pós-Graduanda em Suicidiologia e Processos auto-destrutivos pela USCS (2019-2021), Experiência clínica e hospitalar no trabalho de suporte ao luto, Psicóloga Coordenadora do Setor de Psicologia do Hospital do Câncer de Londrina (2010), Psicóloga da Equipe de Cuidados Paliativos do Hospital do Câncer de Londrina, Psicóloga Clinica (Co-fundadora do Espaço Allentare).

Daniela Freitas Bastos
Psicóloga com especialização em Psicologia Clínica pela PUC/RJ, Mestre pela Clínica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Doutoranda pelo mesmo programa, Tanatologista e com experiência de muitos anos em Terapia do Luto e assistência aos gravemente enfermos e seus familiares. Integra a equipe do programa DIPEX/Brasil, com ações em pesquisa qualitativa e narrativa dos cuidados em saúde. É autora do livro “Experiências contemporâneas sobre a morte e o morrer: o legado de Elisabeth Kübler-Ross para os nossos dias”, pela Summus Editorial, em 2019. É Vice-Presidente da Fundação Elisabeth Kübler-Ross Brasil, oferecendo workshops em todo o Brasil sobre o legado da Dra. Elisabeth Kübler-Ross. Coordena o Curso Avançado de Tanatologia e Cuidados Paliativos e o Curso Avançado de Luto, Perdas e Trauma da Fundação.

Inscrições:

QUER SABER MAIS? Seta

Terapia da Dignidade: palavras finais para dias finais

De 14 de maio a 04 de julho de 2020 | 3 módulos | 60 horas | Amplo treinamento prático

• Público-Alvo: Profissionais de Saúde, de Educação e Humanas com conhecimentos prévios em Cuidados Paliativos
• Pré-Requisitos: Possuir conhecimentos prévios em Controle de Sintomas, Prognosticação, Comunicação em Cuidados Paliativos, Elaboração de Plano de Cuidados, Cuidados ao Fim da Vida.
• Este é um curso avançado no âmbito dos Cuidados Paliativos, carecendo de conhecimentos prévios para que possa ser bem aproveitado pelos interessados.
• O curso é dividido em três módulos, sendo indispensável a realização dos três, feitos sequencialmente. Não será possível realizar o curso de maneira assíncrona. Língua oficial: Português. Haverá tradução simultânea também para o espanhol.

Inscrições:

QUER SABER MAIS? Seta

Dúvidas?

Telefone (21) 3593-6552

Email ekrbrasil@gmail.com